quarta-feira, outubro 25, 2006

Assignment...















Há qualquer coisa de novo nas mesmas ruas de sempre,
Há sorrisos a pintar o ar em tons de madrugada sem gente.

Há palavras e passos em sintonia,
Há musica presente
Há o outro mundo ausente
Há gestos de magia

Vejo ao fim de cada Quarta, um novo mundo a crescer,
Como se do meu mais profundo, estivesse a renascer.

segunda-feira, outubro 23, 2006

Infinito


No infinito todas as linhas se cruzam, mesmo as paralelas.


-Quero viver no infinito!